Ultrassom na Gravidez – Quando Fazer? Quais os Tipos? É Perigoso?

A ultrassonografia é uma ferramenta que aproveita o eco emitido pelo som para ver em tempo real as reflexões fornecidas pelas estruturas e órgãos do organismo. Através dessa técnica é possível visualizar alguns órgãos internos ou um feto. A frequência dos aparelhos de ultrassom pode variar desde 2 até 14 Mhz, enviando através de uma fonte de cristal piezoelétrico que fica em contato com a pele e recebendo os ecos gerados, que são interpretados através da computação gráfica. Quanto maior for a frequência, maior será a resolução alcançada.

Para que serve o ultrassom

O ultrassom é de extrema importância, onde na estética ele é capaz de eliminar gorduras e diminuir a celulite. Na gravidez, é uma ferramenta que serve para visualizar um feto, de modo que pode observar e acompanhar o desenvolvimento do mesmo durante toda a gestação.

O ultrassom também serve para diagnosticar doenças da vesícula biliar, avaliar o fluxo sanguíneo, conduzir uma biópsia, checar a glândula tireóidea, detectar infecções e algumas formas de câncer, estudar o coração e analisar alterações e tumores no tecido muscular.

Como funciona o ultrassom

A ultrassonografia  é um método de diagnóstico por imagem mais versáteis, que acaba permitindo verificar órgãos e outras estruturas do corpo humano, como lesões, tumores, tecidos, além de investigar o funcionamento de válvulas cardíacas e observar o desenvolvimento de fetos.


A ultrassom funciona na interação de som e tecidos, onde através de uma onda que é possível transportar energia através da matéria, ela consegue uma velocidade de propagação de até 14 Mhz, o que permite uma visualização mais detalhada de estruturas minúsculas.

primeiros sintomas de gravidez ultrassom

Benefícios do ultrassom

A ultrassom oferece uma série de benefícios, pois trata-se de um método não-invasivo, ou seja, não utiliza radiação ionizante, onde é possível verificar imagens em tempo real, inclusive com estudo do movimento de estruturas corporais.

Na estação, o exame possibilita melhor identificação da gestação. No primeiro trimestre é verificado a idade gestacional e a medida da trasnucencia nucal (que detecta o risco de síndrome de Down).

Na ultrassom, a futura mamãe poderá acompanhar todo o desenvolvimento do bebê até o seu nascimento, não tendo surpresas nos casos de gêmeos e descobrindo o sexo do bebê.

A ultrassonografia na estética aumenta a permeabilidade da membrana celular, vasodilatação, aumentando o fluxo sanguíneo em função da vasodilatação e aumenta o metabolismo, reduzindo a celulite, estrias, gordura localizada e inchaços.

Quando fazer o exame

O ultrassom é indicado pela primeira vez na gestação entre 5 e 8 semanas. Após esse período o exame poderá ser realizado constantemente.

O ultrassom prejudica o bebê?

O ultrassom é um exame seguro que não prejudica o bebê, nem mesmo quando o exame é realizado com frequência, não trazendo nenhum tipo de prejuízo e risco nem ao feto e nem à mãe.

A ultrassonografia nada mais é do que um grande auxiliar no acompanhamento do bem-estar do feto, assim como é importante na detecção de alterações maternas e fetais.

O que consegue ver?

O primeiro exame serve para confirmar a gravidez, podendo ser realizado até a 10ª semanas. Já no segundo exame é possível realizar a medição da nuca do feto, conseguindo verificar se existe alterações como a Síndrome de Down ou a hidrocefalia.

O terceiro exame de ultrassom serve para avaliar o crescimento do feto e fazer análises mais detalhadas de sua anatomia. Do quarto em diante é possível ver o crescimento do bebê, assim como identificar o sexo do mesmo, a quantidade de líquido que existe na placenta e se há alterações visíveis.

Não existe prazo estipulado para o exame, onde o obstetra irá avaliar a quantidade necessária de ultrassonografia realizada na gravidez.

A ultrassom em tratamentos estéticos geralmente é realizada em 10 sessões para que possam ser observadas mudanças significativas.

Diferenças do ultrassom 2D, 3D e 4D

Quando a mulher possui uma gravidez tranquila, sem complicações, recomenda-se 3 ecografias (ultrassonografias), uma em cada trimestre. Porém isso pode sofrer alterações de acordo com o obstetra, pois cada mulher pode ter um tipo de gestação diferente.

Ultrassom tipos

Com o avanço da tecnologia, é normal que cada vez mais tenham novas opções para facilitar ainda mais o exame. E é exatamente isso que acontece com os tipos de ultrassom 2D, 3D e 4D.

A ultrassonografia 2D, é a mais utilizada, sendo a mais relevante para o pré-natal. Pois permite estudar as características morfológicas (estrutura do corpo) do feto em desenvolvimento.

Na ultrassom 2D, o profissional consegue enxergar o que se passa dentro do útero e com isso pode evitar complicações. Ou até mesmo antecipar alguns procedimentos clínicos. Que venham garantir o bem estar tanto da gestante quanto do bebê.

Na ultrassom 3D, os exames contam com diversas imagens bidimensionais, onde são tomadas em vários ângulos. E colocados juntos formam uma rendição tridimensional. Em vez de apenas uma vista de perfil do rosto do bebê. Com a ultrassom 3D você consegue ver toda a superfície, semelhante a uma foto regular.

A ultrassom 4D, reúne o que tem de mais moderno no mercado, sendo semelhante ao 3D. Porém a imagem é em movimento, como se fosse um vídeo. Onde você consegue ver o bebê se movimentando em tempo real.

Onde fazer o exame

A ultrassonografia é realizada em locais específicos que tenham os aparelhos necessários para a realização do ultrassom. Podendo ser em clínicas de exames de rotina, que contam com aparelhos para exames de imagens. Ou em consultórios médicos, hospitais, onde a gestante se consulta.

Existem diversos médicos especialistas em exames de imagens justamente com a especialização em que exerce de fato a profissão.

Preço do ultrassom

O preço do ultrassom pode variar de acordo com a região onde você mora no Brasil. Da clínica de sua escolha para realizar o exame e também dependendo da extensão do ultrassom.

O exame é extremamente importante, pois causa maior segurança tanto para a mamãe, quanto para o bebê durante a gestação. O preço de uma ultrassonografia custa entre R$ 90,00 á R$ 500,00, dependendo da gravidade que irá passar a ultrassom.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *