O Que é Septicemia? Quais os Sintomas? Tem Cura? Tratamentos!

Infecções, embora muita gente não dê a importância que elas têm, quando não tratadas podem se complicar. Elas podem levar o paciente a apresentar problemas mais graves. Um deles é a septicemia. O problema se trata de uma condição extremamente grave. Caso o problema não seja tratado pode trazer complicações diversas à pessoa, inclusive, o óbito.

O que é Septicemia?

Septicemia – chamada também de sepses – trata-se da invasão de agentes patogênicos de um processo infecção já existente na corrente sanguínea. É também chamada de infecção generalizada. Trata-se de uma condição extremamente grave para o paciente, podendo facilmente levá-lo a óbito.

Quais as causas da Septicemia?

Pode ser considerada causa da septicemia qualquer processo de infecção. Isso porque o problema pode ocorrer com qualquer pessoa que apresente uma infecção localizada que não receba o devido tratamento. Exemplos são uma pneumonia ou uma infecção urinária.

A septicemia é mais comum, no entanto, em recém-nascidos – nesse caso, é chamada de septicemia neonatal. Também é mais prevalente em idosos, devido ao sistema imunológico ser mais baixo.


Pessoas com lesões graves ou mesmo queimaduras, que fazem o uso de sonda vesical ou apresentem um sistema imunológico em baixa tratam-se de outro grupo mais susceptível. E podem desenvolver o problema da septicemia.

Na realidade ela se desenvolve como uma maneira de defesa do próprio organismo. Ele produz secreções para o combate dos agressores externos. Nesse processo de defesa do organismo, o corpo faz a liberação de diversos tipos de  mediadores químicos. Essas substâncias acabam por se espalhar pelo organismo, podendo, então, causa uma disfunção ou uma falência múltipla dos órgãos – que é provocada pela queda da pressão arterial, oxigenação insuficientes das células e tecidos e por alterações no processo de coagulação do sangue. Todos esses problemas caudados pela Septicemia.

banner explicando a Septicemia

Quais os sintomas?

Os principais sintomas começam a surgir rapidamente. Muito deles são mais frequentes após a processos cirúrgicos ou quando já existe um foco de infecção no organismo. Entre os principais sintomas iniciais são:

  • Sensação de calafrios pelo corpo
  • Febre constante acima de 38 º C
  • Batimentos cardíacos em ritmo acelerado
  • Respiração muito rápida e ofegante

Caso a septicemia não receba imediatamente o tratamento adequado, sintomas mais graves ainda podem aparecer, como:

  • Enjoos
  • Vômitos
  • Pintas pequenas vermelhas espalhadas pelo corpo
  • Confusão mental e dificuldade para pensar
  • Redução da quantidade de urina

Casos esses sintomas se manifestem é recomendado procura imediatamente um serviço de atendimento médico, para certificar-se de que se trata de um caso. Não se aconselha ficar em casa para verificar se os sintomas melhoram, pois o quadro pode se agravar ainda mais.

O tratamento da septicemia deve começar o quanto antes. Quanto mais cedo o paciente com septicemia for tratado, maiores as chances de evitar complicações ainda mais graves, como a  sepsis ou a falência dos órgãos internos.

Tratamentos disponíveis

garoto com os sintomas da Septicemia

O tratamento da septicemia é feito em ambiente hospitalar com a internação do paciente, pois ele deve receber oxigênio. Os medicamentos, geralmente, antibióticos costumam ser administrados diretamente na veia, para que o combate as bactérias que estão causando a doença sejam combatidas mais rapidamente e não exista a possibilidade de uma infecção generalizada.

Em geral, o processo de tratamento dura, em média, de 7  até 10 dias. No entanto, dependendo da gravidade do quadro apresentado pelo paciente, pode ser preciso mais tempo de tratamento contra a septicemia. Isso porque o paciente pode necessitar de tratamento com outros medicamento, que são usado para, por exemplo, regular a pressão arterial.

Ela pode variar de acordo com o seu grau de evolução. Assim é possível classificar o problema em três categorias diferentes:

  1. Sepse: trata-se de uma resposta de origem inflamatória, provocada pela infecção causada septicemia. Geralmente causa sintomas como: febre alta, calafrios pelo corpo e falta de ar.
  2. Sepse grave: trata-se da piora do quadro inicial da sepse, quando já existe comprometimento funcional de órgãos do paciente.
  3. Choque séptico: é a queda brusca e drástica de pressão arterial do paciente, que passa a não responder mais a  administração dos medicamentos pela via intravenosa.

Tem cura?

Sim, tem cura desde que seja adequadamente tratada. O seu tratamento se dá em ambiente hospitalar, como já fora mencionado. O paciente recebe oxigênio e medicações antibióticas diretamente na veia. O tratamento dura em torno de 10 dia, podendo ser, no entanto, prorrogado.

Pergunta dos leitores

Qual o significado da palavra Septicemia?

Septicemia, que atualmente é mais chamada pela classe médica de Sepse, é uma doença sistêmica complexa, que pode causar infecção generalizada no paciente, levando, inclusive, ao óbito.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *