Repelente para Grávidas – Qual é o melhor? Como usar? Cuidados

Especialmente em épocas mais úmidas e de calor a proliferação de mosquitos é muito grande, deixando todos em estado de alerta. No entanto, essa situação é mais preocupante para as gestantes que tem de estar muito bem protegidas. Mas será que existe um repelente para grávidas?

O fato é que as mulheres que estão esperando um bebê devem tomas cuidado redobrado quando o assunto são os mosquitos, principalmente do da dengue e do zika vírus, para evitar problemas sérios e graves para si e para o feto.

Então, se você quer saber um pouco mais sobre repelente para grávidas, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Vamos lá?!

Qual o melhor repelente para grávidas?

Repelentes para grávidas


O melhor repelente para grávidas é aquele que oferece uma maior proteção, especialmente contra o mosquito da dengue e do Zika vírus.

Sendo assim, é importante lembrar que as mulheres grávidas podem optar por qualquer tipo de repelente, seja ele em spray, creme ou próprio para bebês. O mais importante de tudo, no entanto, é escolher uma opção que seja aprovada pela Anvisa, pois é considerado seguro.

Os repelentes considerados mais seguros e melhores para as grávidas são aqueles que são à base de icaridina, DEET ou EBAAP e possuem óleos essenciais de citronela, sendo que os de DEET são os mais indicados.

Vale lembrar que o mais importante é utilizar os produtos de acordo com as instruções da embalagem para garantir sua segurança e eficácia.

Os aparelhos de tomada e sprays também são uma excelente alternativa para espantar os mosquitos, mas é importante deixar que a substância se disperse por um tempo antes de permanecer no ambiente.

Repelentes para gestantes contra dengue e zika

É extremamente importante que as gestantes se protejam contra os mosquitos da dengue e do zika vírus, visto que essas condições podem ser muito perigosas, tanto para a mamãe quanto para o feto.

Então, como não existe um repelente específico para mulheres grávidas, o mais correto a fazer é procurar por um produto que seja aprovado pela Anvisa e que oferece proteção também contra esses dois mosquitos.

Como usar repelentes durante a gestação

A primeira coisa que deve ser observada são as instruções de uso de cada produto, que sugerem a quantidade e a frequência de aplicação. No entanto, segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, na hora de aplicar o repelente para grávidas ainda é importante seguir essas recomendações:

  • A aplicação do repelente deve ser feita 15 minutos após a utilização de maquiagem, filtros solares e hidratantes.
  • O repelente não deve ser aplicado perto das mucosas (nariz, olhos, boca e região genital).
  • As mãos sempre devem ser lavadas após a aplicação do produto
  • O repelente só deve ser utilizado três vezes por dia
  • O uso deve ser suspenso ao primeiro sinal de reação alérgica e o médico deve ser imediatamente consultado. A paciente deve levar consigo a embalagem do produto.

Cuidados ao usar

O maior cuidado que se deve tomar ao usar repelente em mulheres grávidas é não ultrapassar o limite diário de aplicações para não criar o risco de uma reação indesejável.

Além disso, cuidar para que o produto não entre em contato com as mucosas é essencial, bem como lavar as mãos sempre depois de uma aplicação.

No caso dos repelentes em creme, o mais indicado é colocar o produto nas mãos e depois espalhar de uma maneira uniforme, recobrindo todas as áreas expostas e garantindo a total proteção.

As marcas mais usadas

Marcas de repelentes para gestante

Existem diversas marcas de repelentes no mercado atualmente, dando para as mamães uma boa quantidade de opções para a escolha. No entanto, nada como conhecer as marcas mais usadas de repelente para gravidas. São elas:

  • Off: com opção em spray e creme, todos os produtos da linha são à base de DEET, indicados para gestantes e crianças com mais e 2 anos de idade, sendo um dos mais recomendados pelos médicos.
  • Repelex: essa marca também tem o DEET como seu princípio ativo, sendo considerado um repelente para grávidas.
  • Exposis: esse repelente é aprovado pela Anvisa, pode ser utilizado por gestantes e tem a Icaridina como principio ativo.
  • Johnson´s Baby – loção antimosquito: os repelentes infantis também podem ser utilizados pelas grávidas e possuem fórmula atóxica e sem álcool.
  • Repelentes caseiros: outra excelente opção de repente para grávidas são os caseiros que, normalmente, são à base de cravo-da-índia.

Pergunta dos leitores

Grávidas podem usar repelente de tomada?Repelentes para gestante contra dengue e zika

Sim, pode! Não existe qualquer contraindicação no que diz respeito ao uso desse tipo de repelente para grávidas. No entanto, é preciso estar ciente que ele funciona melhor em ambientes pequenos e não oferece uma proteção tão eficiente.

Grávidas podem usar repelentes off spray?

Sim, não há restrição no que diz respeito à apresentação do produto. No entanto, a concentração de DEET, que não deve ultrapassar os 10% de acordo com as orientação da Anvisa, pode variar de acordo com o tipo de repelente.

Sendo assim, se o repelente for aprovado pela Anvisa e estiver dentro da concentração permitida da substância ativa, a gestante pode utilizá-lo sem problemas.

Quais repelentes naturais grávidas podem usar?

Os repelentes naturais, normalmente, são feitos à base de óleos essenciais de cravo da índia ou com citronela. Ambos podem ser utilizados por mulheres grávidas desde que não contenham químicos em sua fórmula.

Então, agora você já sabe um pouco mais sobre repelente para grávidas, como usar, os cuidados que devem ser tomados e tudo mais o que você precisava saber. Aproveite!

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *