Parto Cesárea – Quais Suas Vantagens e Desvantagens? Quando Fazer?

Quando uma mulher engravida, uma das coisas que ela tem que pensar é se vai optar por um parto cesárea ou por um parto normal. Obviamente, cada uma dessas modalidades tem seus prós e contras. Por isso é sempre interessante conhecer bem cada uma delas e se informar antes.

Então, se você deseja saber um pouco mais sobre o parto cesárea, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre ele. Vamos lá?!

O que é o parto cesárea?

O parto cesárea nada mais é do que um tipo de parto programado pelos médicos. Ele pode ocorrer antes ou até mesmo depois que o trabalho de parto tiver início. No entanto, o mais comum é que ele seja marcado para uma data antes do início das contrações.

Já o parto por cesárea feito depois do início do trabalho de parto, normalmente acontece por algum tipo de complicação no procedimento. Muitas vezes, o bebê pode estar enrolado no cordão umbilical, por exemplo, impedindo a ocorrência de um parto normal.


Mesmo assim, o parto cesárea também pode ser feito depois do início das contrações, quando o bebê já mostra sinais claros de que está pronto para nascer.

O parto cesárea, então, nada mais é do que uma forma de parto feita através de um procedimento cirúrgico. Para isso, é feita uma incisão na área abdominal até o útero.

A duração é de, em média, 45 minutos, sendo que o nascimento do bebê costuma acontecer nos primeiros 15 minutos. Os 30 minutos restantes são para que o obstetra possa realizar as suturas do útero, músculo e pele.

O procedimento todo é feito com anestesia. Normalmente é aplicada a raquidiana ou a peridural. A mãe fica consciente o tempo inteiro, embora não possa movimentar a parte inferior de seu corpo. Já a anestesia geral só é realizada em situações especiais.

um caso de parto cesárea

Quais as vantagens do parto cesárea?

Como já foi dito, cada um dos procedimentos tem suas vantagens e desvantagens. O fato é que o parto cesárea não é o mais escolhido entre as mulheres e médicos, mas isso não quer dizer que também não tenha seus benefícios. Em alguns casos, ele é o mais indicado.

No entanto, o que precisa ficar claro é que quando não há uma indicação médica direta, os benefícios não superam os riscos da realização de um procedimento cirúrgico,

Sabendo disso, vamos ver algumas vantagens que podem ser consideradas no parto por cesárea.

  • Possibilidade de eleger a data do parto de forma prévia
  • Pode contribuir para a diminuição do estresse materno. Isso porque o procedimento passa a impressão um ambiente controlado, no qual tudo ocorre de forma estipulada previamente.
  • O processo de parto acontece de uma forma mais rápida e possui uma duração já prevista
  • No parto cesárea existe a certeza de que o obstetra vai estar presente e disponível no momento do parto
  • Ajuda a impedir que ocorram nascimentos pós-termo, ou seja, de bebês com mais de 42 semanas de gestação. Vale lembrar que isso é associado com maiores riscos de problemas para o neonato.
  • Exclui os riscos relacionados ao procedimento de trabalho de parto vaginal, tais como traumas ósseos, asfixia por complicações e outros.
  • Diminui os riscos de longo prazo da ocorrência de incontinência urinária ou prolapso da bexiga ou útero.

Quais as desvantagens do procedimento?

Como não poderia ser diferente, o parto cesárea também apresenta desvantagens. Além disso, ele só é recomendado quando seus benefícios superam os riscos envolvidos no processo. Sendo assim, vamos conhecer as desvantagens do mesmo:

  • A recuperação desse tipo de parto tende a ser mais lenta se comparada com a do parto normal
  • Embora os pontos internos sejam absorvidos, os externos tem de ser retirados. Isso demanda que haja retorno no serviço de saúde.
  • No pós-parto a recuperação é lenta e a mulher sente dores para rir, chorar, ir ao banheiro, tossir, espirrar, se movimentar e outros. Isso sem falar no receio de que os pontos abram.
  •  A mulher não tem uma participação tão ativa no momento do parto.
  • Ocorro um certo atraso na lactação
  • Chega a ser até 16x maior o risco de morte da mãe no parto cesárea se comparado com o parto normal.
  • A permanência hospitalar é o dobro.
  • Existe um maior risco de hemorragia, infecção, inflamação e até mesmo perda do útero.
  • O útero ficará com uma cicatriz na sua musculatura que será sempre um ponto de fragilidade.
  • As chances de necessidade de uma cesárea nos partos seguintes aumentam
  • O número de complicações aumenta a cada cesárea realizada, tornando o procedimento mais difícil.
  • O tempo em que a mulher deve ficar sem levantar peso ou fazer atividade física é de 2 meses após o parto.

Desvantagens do parto cesárea para o bebê

  • O bebê nascido por cesárea irá passar por mais procedimentos, tais como aspiração nasogástrica, entubação, reanimação e respiração artificial.
  • O bebê pode apresentar um maior risco de dificuldade respiratória depois do parto pois seus pulmões não são comprimidos durante o parto.
  • Segundo especialistas, o parto cesárea irá interferir o estabelecimento de um vínculo com o bebê. Isso sem falar que retarda a primeira amamentação.
  • As chances de o bebê não chorar ao nascer são maiores.

Parto cesárea passo a passo

um parto cesárea

O parto cesárea começa com a anestesia, que é aplicada diretamente na coluna vertebral da mãe na posição sentada.

Depois, um cateter é inserido no espaço peridural. Isso irá facilitar a administração de medicações. Também é inserida uma sonda para ajudar a conter a urina.

Em seguida, o médico irá realizar um incisão (corte) que mede entre 10 e 12 centímetros de largura. O mesmo é feito na “linha do biquíni”, ou seja, acima dos pelos pubianos.

Após, ele ainda irá cortar 6 camadas de tecidos, incluindo pele, músculo e a parede do útero. Então, ele chegará até o bebê e o puxará para fora. Essa é uma ação que não causa dor na mulher, mas sem dúvidas, gera sensação estranha e um tanto desconfortável.

Assim que o bebê é retirado do útero da mãe, o médico neonatologista irá avaliar se ele respira bem. Em seguida, o neonato é mostrado para a mãe. Enquanto isso, o médico obstetra estará realizando a retirada da placenta.

Depois, o bebê será devidamente limpo, medido e pesado e só depois poderá ir para a mãe para amamentação.

Por fim, o procedimento se encerra com o fechamento da incisão. Para isso, o médico costura as camadas de tecido que foram cortadas. Esse procedimento pode levar cerca de 30 minutos.

Como é a recuperação?

De fato existem muitas dúvidas a respeito da recuperação de um parto cesárea. Isso porque realmente esse processo não é tão simples como no parto normal.

Normalmente a alta hospitalar ocorre dentro de 2 a quatro dias, se não houverem complicações. Obviamente, isso depende da avaliação médica.

A recuperação física ocorre como a de qualquer cirurgia abdominal. No entanto, a diferença é que no parto cesárea inclui um bebê que precisa de cuidados.

Mesmo assim, além do corte, que normalmente dói ou causa sensação de queimação, os desconfortos são os mesmos sofridos no parto normal. isso inclui dores, desconforto no períneo, lóquios, fadiga, alterações hormonas e outros.

Quanto ao tempo, tende a recuperação do parto cesárea tende a demorar mais do que no parto normal. Sendo assim, leva cerca de 6 semanas para que o corte fique bom. Nesse tempo, a cicatriz pode apresentar sensibilidade.

Por isso, nas primeiras semanas, peça ajuda de parentes e amigos, envolva o pai da criança nas tarefas e não faça mais do que pode no tempo de resguardo.

O parto cesárea dói?

uma mãe e seu filho

Obviamente a cesárea livra a mulher de passar pelas dores das contrações do parto normal. No entanto, é um erro pensar que ela é um procedimento indolor.

Isso porque assim que a anestesia passa é que começam as dores do pós operatório. É somente no fim da anestesia que se pode avaliar se a mãe está bem mesmo.

Além disso, é preciso um certo tempo de recuperação até que a mãe possa voltar à rotina normal. Isso porque é preciso esperar que a abertura no ventre cicatrize bem antes de fazer esforço ou atividades físicas.

Essa cicatrização também tende a ser dolorida e muitas mulheres se queixam de dores ao levantar, tossir, espirrar, caminhar e etc.

Qual o valor do parto cesárea?

Obviamente, o valor de um parto cesárea pode variar de acordo com vários fatores. Esse preço dependerá da equipe médica que foi escolhida, do hospital onde vai ser realizado, da região do país, do plano de saúde e etc.

Sendo assim, algumas pessoas podem ter o procedimento gratuito pelo SUS ou pelo seu plano de saúde, outras podem pagar parcialmente ou também podem ter que pagar o valor integras. Sendo assim, o valor pode variar de R$ 4 a R$ 20 mil reais, incluindo tudo.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre o parto cesárea, como funciona, bem como suas vantagens e desvantagens. Aproveite essas informações e não tenha mais dúvidas.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *