O Que é Parto Humanizado? Como é Realizado? Quais as Vantagens?

A hora do parto é um momento único na vida de um casal. São muitas as coisas para se pensar e, quando chega a hora, é preciso que tudo já esteja planejado e bem organizado. Uma das coisas mais importantes é a escolha do obstetra e como deseja o parto. Uma das opções muito procuradas hoje em dia por grande parte das mulheres é o parto humanizado.

Na verdade, ele não é um parto com técnicas diferentes. Apenas uma maneira mais humana de trazer o bebê ao mundo, sem o uso de indução e de medicamentos. Quase não há a intervenção médica durante o parto. Vamos conhecer um pouco mais sobre o parto humanizado, bem como seus benefícios e suas desvantagens também.

 

O que é parto humanizado?

Segundo a OMS, “humanizar o parto é um conjunto de condutas e procedimentos que promovem o parto e o nascimento saudáveis, pois respeita o processo natural e evita condutas desnecessárias ou de risco para a mãe e o bebê”. O parto humanizado respeita todas as dimensões do ser humano, como biológicas, espirituais, sociais e psicológicas.

Ele não é um tipo diferente de parto, e sim um processo. É um parto que não envolve conduta intervencionista, que respeita a vontade da mãe que pode, até mesmo, se recusar a determinadas condutas que possam lhe causar alguma dor ou constrangimento.


mulher após realizar um parto humanizado

Como é realizado o parto?

O parto humanizado respeita o tempo de nascimento tanto da mãe quanto do bebê. Ele não tem tempo de duração. Esse tipo de parto não conta com a intervenção médica para começar e nem utiliza medicamentos.

Ele acontece de forma totalmente natural e, praticamente, sem nenhuma intervenção médica. O trabalho fica muito por conta da mamãe. O início do trabalho de parto começa com as contrações, ou seja, não tem como saber o momento exato que terá início.

Quais as vantagens do parto humanizado?

Dentre as principais vantagens do parto humanizado, estão:

  • Uma percepção melhor do momento
  • A conduta do parto humanizado é recomendada pela Organização Mundial de Saúde
  • Não usa anestesia
  • Recuperação pós-parto melhor
  • Amamentação nas primeiras horas do dia
  • Maior participação do pai
  • A mulher pode receber banhos mornos, massagens  ouvir música para aliviar a dor
  • Apoio emocional durante o trabalho de parto
  • A parturiente pode escolher a melhor posição na hora da expulsão
  • Pode caminhar durante o trabalho de parto
  • Não usa medicamentos
  • Melhores índices de vitalidade do bebê após o nascimento
  • Menor risco associado às manobras cirúrgicas

Quais os malefícios?

O problema do parto humanizado é que ele é realizado sem os recursos hospitalares.  E isso pode ser um problema se a mulher precisar de alguma intervenção mais séria e o parto estiver acontecendo fora da área hospitalar.

Quais os riscos do parto humanizado?

Veja agora as principais desvantagens do parto humanizado:

  • É contraindicado para gestantes que tiveram, diabetes, anemia e hipertensão arterial antes do parto
  • Como acontece o mínimo de intervenção possível, o processo do parto é bem longo
  • Esse tipo de parto pode acontecer até mesmo em locais fora do ambiente hospitalar. E isso pode trazer sérios riscos no caso de ser preciso interromper o trabalho de parto e precisar de uma cesárea
  • A mulher sente todas as dores do parto
  • Também é contraindicado para casos de gravidez de gêmeos, gravidez na adolescência e gravidez tardia.

Posso realizar um parto humanizado em casa?

mulher realizando um parto humanizado

Sim, desde que a mulher esteja com mais de 37 semanas de gestação, com a saúde boa e o seu estado emocional também deve estar bem. A mulher precisa receber todas as orientações possíveis antes do parto, sobre as dores que ela poderá sentir, as melhores posições.

Além do mais, é sempre importante falar antes dos riscos e também dos custos para que a equipe acompanhe o parto. A equipe é composta por médicos, enfermeiras obstétricas e por obstetrizes, que são as parteiras. A equipe domiciliar pode contar com até 3 pessoas, além da doula, que é uma profissional destinada a cuidar somente do bem estar da gestante.

Como são assistentes, as doulas não devem realizar o parto sozinhas, mas integram a equipe auxiliando durante toda a gestação, dando o apoio físico e emocional para a mulher antes e após o parto.

Pergunta dos leitores

O SUS realiza parto humanizado?

Todas as mulheres têm direito à realizar o parto humanizado pelo SUS. O acesso é garantido por lei desde 2004. O fato é que as coisas não são tão simples como parecem. A grande questão é que a maior parte das equipes médicas está acostumada a realizar somente partos normais e cesáreas.

E não são todos os hospitais públicos que contam com suítes, doula e bolas. Para quem deseja ter um parto humanizado pelo SUS, é preciso se informar com bastante antecedência as possibilidades e se irá dispor de tudo o que é preciso.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *