Gêmeos Idênticos: Como se formam? Podem ser um casal? Tem o mesmo DNA? Curiosidades

Os irmãos gêmeos idênticos ou não sempre despertam muita curiosidade nas pessoas e muitos querem saber um pouco mais sobre como acontece esse tipo de gestação e a diferença entre cada tipo de gêmeos.

Então, se você quer saber mais sobre esse assunto, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre eles. Vamos lá?!

Como se formam os gêmeos?

Existem duas maneiras através da qual as gêmeos podem ser formados e é por isso que existem dois tipos de gêmeos. O primeiro deles são os gêmeos univitelinos, que também são chamados de gêmeos idênticos. O segundo são os gêmeos fraternos, que nem sempre são realmente parecidos.

Tipos de gêmeos

Gêmeos dizigóticos (fraternos)

Os gêmeos fraternos, ou dizigóticos são aqueles que não são idênticos pois são gerados a partir de óvulos diferentes. Isso acontece porque durante a ovulação a mulher libera mais de um óvulo e casa um deles é fecundado por um espermatozoide diferente.


Assim, eles se desenvolvem de forma independente um do outro e também em placentas diferentes, tal como dois irmãos que nasceram em gestações diferentes.

Esse tipo de gestação também pode ocorrer nas situações em que o casal faz tratamento para ter filhos visto que nas técnicas in vitro diversos óvulos fecundados são implantados no útero.

Gêmeos monozigóticos (idênticos)

Gêmeos Univitelinos Monozigoto

Diferentemente do caso anterior, os gêmeos idênticos são aqueles originados da fecundação de apenas um óvulo por um espermatozoide que se divide em dois. Nesses casos, as duas células seguem se desenvolvendo gerando dois gêmeos idênticos, que possuem a mesma carga genética.

Nesses casos, ambos terão o mesmo sexo, dividirão a mesma placenta e serão idênticos morfologicamente.

No entanto, no decorrer da vida, mesmo que possuam o mesmo genoma, os irmãos gêmeos idênticos podem passar a apresentar diferenças nos seus fenótipos, visto que ocorre interferência do meio.

Gêmeos xifópagos

Os gêmeos xipófagos, que também são conhecidos como gêmeos siameses, são aqueles gêmeos univitelinos que não obtém uma separação completa. Nesses casos, ambos também são originados de um mesmo óvulo, mas que não apresenta um processo de separação que não da certo, mantendo-se grudados, fazendo com que os bebês nasçam dessa forma. Além disso ainda existe a possibilidade de uma divisão completa e uma fusão posterior de algumas estruturas.

Com isso, temos bebês que nascem unidos por alguma parte do seus corpos, podendo ser pelo tórax (toracópagos) ou pela cabeça (cefalópagos).

Curiosidades dos gêmeos

Você sabia que gêmeos podem ter pais diferentes?

Isso mesmo! Partindo do princípio que o caso de gêmeos fraternos ocorre pela fecundação de dois óvulos por dois espermatozoides diferentes, é possível que esses óvulos sejam fecundados por espermatozoides de pessoas diferentes.

Embora seja algo bastante raro (1 em 1 milhão), em 2009 ocorreu um caso desses nos EUA, quando uma mulher deu a luz a gêmeos de pais diferentes.

Uma outra curiosidade é que gêmeos xipófagos podem ouvir os pensamentos do outro e até ver através dos olhos do irmão.

Parece mentira, não é mesmo?! No entanto a verdade é que existe um caso de gêmeas siamesas que compartilham o tálamo, que é a parte do cérebro responsável pelas funções motoras e pelas sensações físicas. Nesse caso, as meninas afirmas que podem ver através dos olhos da outra e ainda ouvir os seus pensamentos, além de sentir o que a outra sente.

Uma outra curiosidade que é pouco conhecida é que, apesar de terem o mesmo material genético, os gêmeos idênticos possuem impressões digitas diferentes um do outro.

Vale lembrar que os irmãos gêmeos univitelinos se originam da fecundação de um óvulo por um espermatozoide que vem a se dividir posteriormente, fazendo com que eles possuam a mesma carga genética, inclusive o mesmo sexo.

No entanto o que define as impressões digitais e cada um deles é contato dos seus dedos com o ambiente uterino. Sendo assim, como estão em locais e posições diferentes, entrarão em contato com áreas diferentes e irão formar também impressões digitais diferentes.

Gêmeos idênticos famosos

Gêmeos Idênticos Famosos

Existem diversos famosos que possuem irmãos gêmeos idênticos e que a maioria das pessoas sequer imagina.Veja alguns deles, nacionais e internacionais:

  • Renata Vasconcellos e Lanza Mazza: quando as duas aparecem juntas na mesma foto fica até difícil identificar quem é quem. As duas causam confusão nas redes sociais.
  • Giselle Batista e Michelle: Gisele é atriz e deu vida à personagem Duda, de A Regra do jogo. Além disso, ela namora um dos irmão da dupla de artistas conhecidos como “Os Gêmeos”. Sua irmã, Michelle também é atriz e atua na série “O Negócio”, da HBO.
  • Mary-Kate e Ashley Olsen: as famosas irmãs Olsen, são lembradas até hoje pela série “Full House”, na qual revezavam o papel de Michele. Atualmente são empresárias e possuem a própria grife.

Pergunta dos leitores

Gêmeos idênticos podem ser um casal?

Como já foi dito, os gêmeos fraternos são originados da fecundação de óvulos distintos por espermatozoides diferentes. Nesses casos podem ser de sexos diferentes.

No entanto, no caso de gêmeos idênticos, eles são formados pela divisão de um mesmo óvulo fecundado, logo, possuem a mesma carga genética e isso é o que define o sexo. Sendo assim, gêmeos idênticos não podem ter sexos diferentes.

Gêmeos idênticos tem o mesmo DNA?

Visto que são gerados a partir da divisão de um mesmo óvulo fecundado por um único espermatozoide, sim, os gêmeos idênticos possuem a mesma carga genética. Diferenciando apenas as suas impressões digitais que não são definidas por fatores genéticos.

Pronto, agora você já sabe mais sobre gêmeos idênticos, como se formam, os diferentes tipos e até mesmo os famosos que possuem irmãos gêmeos. Aproveite!

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *