Exantema Súbito / Roséola (Sexta Doença ou Febre dos 3 dias) – Causas, Sintomas e Tratamento

Existe uma grande quantidade de enfermidades que podem atingir o organismo humano. Algumas delas afetam especialmente as crianças, como é o caso do exantema súbito que atinge principalmente crianças entre 3 meses e 6 anos de idade. Então, se você quer saber mais sobre esse problema, continue lendo. Descubra tudo o que você precisa saber. Vamos lá?!

O que é Exantema Súbito

O exantema súbito, também conhecido como Sexta doença, roséola infantil ou febre dos 3 dias, é uma doença bastante frequente entre crianças.

Esse problema é causado por um vírus que pertence à mesma família do vírus da herpes. Afeta, normalmente, crianças entre 6 meses e 2 anos de idade, se tornando bastante rara em crianças com menos de 3 meses ou com mais de 4 anos de idade.
Esse problema pode assustar bastantes as mamães por que causa uma febre extremamente alta. No entanto, na maioria dos casos, o bebê nem parece tão doente para a temperatura que apresenta.

A duração dessa febre é de, tipicamente, 3 dias e essa febre normalmente some no quarto dia.


Sintomas da Exantema Súbito

O período de incubação desse vírus pode variar entre uma ou duas semanas. Por isso, mesmo estando contagiada a criança não apresenta sintomas.

No entanto, quando os sintomas aparece, eles normalmente são bastante característicos, tais como:

  • Febre alta que pode ultrapassar os 40º
  • Diminuição de apetite ou a falta dele

Falta de apetite em bebê

Além desses sintomas, quando a febre vai embora depois dos 3 primeiros dias, é normal que haja o surgimento de erupções cutâneas. Essas se caracterizam por pequenas manchas de coloração rosa espelhadas pelo tronco do bebê que se espalham de forma bastante rápida para os braços e o pescoço.

Vale lembrar que é muito raro que essas manchas se espalhem e vão para as pernas ou para o rosto da criança. Além disso, é importante ressaltar que somente o aparecimento dessas erupções é que pode confirmar o diagnóstico de exantema súbito ou não.

As manchas avermelhadas desaparecem em dois ou três dias se deixar marcas. Essa doença não é grave, desde que a febre seja controlada.

Pode ainda haver um aumento nos gânglios que se localizam no pescoço e na parte posterior da cabeça. Nessa fase é comum que a criança pareça mais irritada, sem apetite e um tanto abatida.

Transmissão

Embora seja muito parecida com a rubéola, a roséola infantil é provocada por um vírus diferente, que é o herpes vírus humano tipo 6 (HHV-6). Esse vírus, que tende a afetar mais as crianças entre 3 meses e 6 anos de idade é transmitido de uma pessoa para outra, especialmente durante o período da febre. Pode ficar incubado por 5 a 15 dias depois do contato, até apresentar seus primeiros sintomas.

Diagnostico

O diagnóstico de Exantema Súbito, normalmente, é feito através de exame clinico. Raramente é necessário a solicitação de algum exame de laboratório para que se confirme a patologia ou se estabeleça um diagnóstico diferencial.

A maior confirmação dessa doença é o aparecimento das manchas logo após os 3 dias de febre.

Tratamento da Exantema Súbito

Não existe uma vacina ou remédio específico contra a roséola infantil. Sendo assim, o tratamento é sintomático através da utilização de medicamentos específicos para baixar a febre. Esse é um sintoma perigoso e pode acabar subindo muito, o que eleva os riscos de convulsões.

Uma recomendação importante é manter a temperatura da criança sempre sob controle, seguindo de maneira rigorosa a orientação do seu médico na administração do remédios antitérmicos.

A aplicação de banhos mornos (quase frios) também é uma medida bastante importante para ajudar no controle da temperatura, que irá insistir em subir.

Exantema Súbito Fotos

Exantema Súbito

Foto de Bebê com Exantema Súbito

Pergunta dos leitores

Existe prevenção da Exantema Súbito?

A prevenção desse problema é algo bastante complicada visto que os vírus envolvidos na transmissão são passados através das secreções de contatos assintomáticos. Sendo assim, utilizar medidas higiênicas básicas, como lavar as mãos com frequência, é algo que pode ajudar a conter a disseminação do vírus.

Além disso, a criança infectada deve evitar o contato com outras crianças durante o período de vigência da patologia. Não indo em festas, creches e demais ambientes que a deixem em contato com outras crianças.

Sendo assim, pode-se dizer que a única maneira de prevenir a transmissão do exantema súbito é evitar que ocorra o contato com as pessoas infectadas.

Exantema Súbito coça?

De uma maneira geral o exantema súbito não causa coceira. No entanto, se a criança apresentar esse sintoma é possível realizar a aplicação de pomadas contendo anti-histamínicos (antialérgicos), tal como Polaramine.

No entanto, isso nunca deve ser feito sem que haja o conhecimento e orientação do médico.

Exantema Súbito é contagioso?

Sim, como qualquer vírus essa doença é contagiosa. No entanto, existem alguns casos em que o exantema súbito não é considerado contagioso. Por isso, a criança não precisa ser privada do convívio com os demais.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre o exantema súbito, como age, o que causa e como é o tratamento.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *