Corrimento Branco – Quais as Causas? Quais os Tipos? Como Tratar?

No decorrer de um ciclo menstrual, que possui 28 dias, é comum que a mulher perceba mudanças nos corrimentos vaginais. Isso ocorre especialmente antes da chegada do período menstrual. O corrimento branco leitoso sim, faz parte dessas manifestações, sendo considerada um tipo de secreção natural, apresentada por diversas mulheres.

No entanto, quando esse corrimento branco apresenta algumas alterações, pode ser sinal de algum problema e é preciso estar atenta.

Então, se você quer saber um pouco mais sobre essa situação, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre esse assunto. Vamos lá?!

O que é o corrimento branco?

Primeiramente, para entender o corrimento branco, é preciso entender melhor como o corpo funciona. A primeira coisa que precisa ser entendida é que ocorre uma queda significativa nos níveis de progesterona e isso leva ao sangramento menstrual logo em seguida.


O fluxo de sangue conhecido como menstruação pode ter cor avermelhada. No entanto, a cor pode ser mais amarronzada, fluxo pequeno com cor rosada e também com coágulos.

Terminado esse período, o corpo inicia um processo de produção de progesterona. Nessa fase é comum a mulher sentir um ressecamento maior e em seguida perceber o início de um corrimento branco.

A presença desse corrimento branco é sinal de que a ovulação ocorrerá em breve. Ele é normal e faz parte do ciclo. Algumas mulheres apresentam esse corrimento mais intendo enquanto em outras ele é quase imperceptível.

mulher mostrando Corrimento Branco

O que pode ser corrimento branco pastoso?

Sem dúvidas a textura dos corrimentos gera muitas dúvidas nas mulheres. Diferentemente do que a maioria acredita, somente a presença do corrimento branco não indica um problema. Tampouco é sinal de uma disfunção ou infecção vaginal.

O corrimento branco com textura mais pastosa pode indicar, de forma geral, apenas que há uma concentração maior de progesterona. Justamente por isso ele assume uma consistência mais firme.

Isso quer dizer que quanto mais firme for o muco, maior deve ser a concentração do hormônio progesterona nele. Isso não significa nenhum problema de saúde, desde que não esteja acompanhado de outros sintomas. Isso inclui coceira, forte odor e desconforto.

Corrimento leitoso, o que pode ser?

Tal como o corrimento branco pastoso, esse tipo de corrimento é comum. Claro que isso vale desde que ele não apresente odor desagradável ou coceira vulvovaginal.

Conforme foi explicado acima, o corrimento fica mais pastoso quando possui uma quantidade maior de progesterona. Ao contrário disso, ele tende a ficar mais líquido e leitoso quando possui uma quantidade maio de estrogênio.

Sendo assim, desde eu não venha acompanhado com sangramento, coceira ou dor, essa secreção é normal.

Atraso menstrual e corrimento grosso, o que pode ser?

Como já foi visto, podem haver diferenças na textura de um corrimento branco. Isso acontece causado pela diferença na concentração dos diferentes hormônios que regulam o corpo feminino.

No entanto, algumas vezes esse aumento ocorre causado por outros fatores. Principalmente se for acompanhado de outro sintoma, como o atraso menstrual.

A primeira coisa a se saber é que é comum que na gravidez haja corrimento branco. Esse muco vai se tornando gradualmente mais espesso com o desenvolvimento da mesma. Sua principal função é proteger o organismo de uma possível infecção.

Além disso, existem outras causas para um corrimento branco grosso e com atraso menstrual. Veja:

Estresse

Todo mundo sabe que o estresse poda causar uma série de mudanças no organismo. Um dos fatores que pode levar ao surgimento de um corrimento grosso são as disfunções emocionais e psicológicas. No entanto, não é sabido exatamente o motivo pelo qual isso acontece.

O fato é que são inúmeros estudos já realizado que afirmam que o estresse pode afetar diretamente o sistema reprodutivo feminino.

Além disso, situações de estresse afetam o organismo pela liberação de hormônios que promove. Isso interfere diretamente no sistema imunológico e também no ciclo menstrual.

A combinação disso é a perturbação do equilíbrio de bactérias vaginais. A consequência é um corrimento leitoso e grosso e a interrupção ou atraso da menstruação.

Candidíase

Um dos sintomas da candidíase é um corrimento branco, grosso, com textura semelhante a leite talhado e sem cheiro. Esse é um dos tipos mais comuns de infecção vaginal.

Esse problema é ocasionado pelo desenvolvimento excessivo de um fungo chamado Cândida. Ele faz parte comumente da mucosa vaginal. No entanto, existem fatores que podem fazer com que ele se prolifere demasiadamente.

Junto com o muco branco ainda podem vir sintomas desagradáveis, tais como inchaço, ardor e também coceira.

O uso de antibióticos, por exemplo, pode facilitar o desenvolvimento do fungo. Além disso, o aumento nos níveis de estrogênio, baixa do sistema imune, diabetes e sobrepeso também contribuem. A infecção pelo fungo tem como resultado a secreção de um corrimento branco espesso e sem odor forte.

Corrimento branco antes ou depois da menstruação, o que é?

mulher grávida e Corrimento Branco

Como já foi dito algumas vezes, o corrimento branco é algo normal. Ele faz parte do ciclo menstrual e é algo comum no organismo.

Além disso, ele pode ficar mais intenso à medida que a menstruação se aproxima. Ele ocorre com mais frequência antes e durante o período de ovulação podendo variar na textura.

Vale lembrar novamente que esse corrimento branco só deve ser considerado normal quando não vier acompanhado de outros sintomas, tais como inchaço, odor desagradável, sangramento e coceira, entre outros.

É normal ocorrer na gravidez?

É comum que mulheres grávidas secretem um corrimento branco. Isso nada mais é do que uma reação do organismo à fecundação pelo aumento da produção de estrógenos. A maior quantidade de muco também serve para proteger o feto e o útero da presença de bactérias que podem ser muito nocivas e até mesmo interromper a gestação.

Durante o primeiro trimestre da gestação o corrimento branco é muito comum. Depois desse período a quantidade tende a diminuir bastante e ficar mais espesso. Dessa forma, pode se tornar até imperceptível.

Existem casos ainda em que o corrimento branco se faz presente em toda a gestação, porém de forma intermitente.

Como tratar o corrimento branco?

Quando falamos do corrimento branco normal, que pertence ao ciclo menstrual ou na gestação, não existe necessidade de tratamento.

No entanto, se esse corrimento branco for causado por alguma infecção, é preciso muita atenção. Especialmente se for durante a gestação.

Nesses casos, o tratamento irá variar de acordo com o problema que está levando ao surgimento do corrimento de cor branca. Então, consultar um médico para obter um diagnóstico preciso é fundamental.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre o corrimento branco, suas causas, função, como tratar e todos os detalhes sobre esse assunto. Aproveite essas informações e não tenha mais dúvidas.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *