Bronquiolite é Grave? Causas, Sintomas e Tratamento

Existem diversas doenças que podem afetar especialmente as crianças, como é o caso da bronquiolite, que afeta principalmente crianças com menos de 2 anos de idade e por isso precisa de muita atenção.

Então, para saber mais sobre esse problema, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber. Vamos lá?!

O que é Bronquiolite?

A bronquiolite nada mais é do que uma patologia extremamente comum em crianças, que ocasiona o inchaço e também o acúmulo de muco nos bronquíolos, que, que são as passagens de ar presentes nos pulmões.

Sintomas de Bronquiolite

Os sintomas costumam variar de intensidade de uma criança para a outra. Sendo que algumas podem apresentar sintomas mais acentuados enquanto outras apresentam sintomas mais leves.


Essa patologia se inicia com uma infecção do sistema respiratório. Depois de dois ou três dias se desenvolvem outros problemas respiratórios, tal como tosse e chiado no peito, agravando o quando.Sintomas da Bronquiolite

Sendo assim, os sintomas mais comuns da bronquiolite são:

  • Dificuldade respiratória, inclusive com chiado no peito
  • Cianose, que se caracteriza pela coloração azulada da pele causada pela falta de oxigenação adequada.
  • Cansaço
  • Tosse
  • Febre
  • Taquipneia (respiração acelerada)
  • Retrações intercostais

Fatores de risco

Existem alguns fatores de risco que são importantes no desenvolvimento desse problema, que são:

  • Baixo peso no nascimento
  • Prematuridade
  • Idade menor do que 3 anos de idade
  • Doença cardíaca, pulmonar ou neurológica previa
  • Fumo passivo
  • Imunodeficiência
  • Frequentar creche
  • Irmãos mais velhos que podem trazer infecções respiratórias para as crianças que estão em casa
  • Morar em uma casa com muitas pessoas
  • Ambientes mais frios, visto que o vírus costuma transitar com maior facilidade nessas condições.

Causas

Bronquiolite

A bronquilite acontece quando um vírus ataca os bronquíolos, que são as menores vias aéreas do corpo humano, que se ramificam a partir dos brônquios.

Ocasionalmente, esse problema pode ser ocasionado também por uma infecção bacteriana, no entanto, essa condição é um tanto mais rara.

Então, essa infecção viral faz com que esses bronquíolos fiquem inchados e inflamados, dificultando a passagem do ar.

Grande parte dos casos de bronqueolite são ocasionados por um vírus chamado RSV (vírus sincicial respiratório). É um tipo de vírus que afeta prioritariamente crianças com até 2 anos de idade, especialmente nas estações mais frias do ano, tendo seu pico de ocorrências no inverno.

No entanto, vale lembrar que a bronquiolite ainda pode ser causada por outros vírus, inclusive os vírus causadores de gripes.

Bronquiolite é grave?

A princípio, essa condições pode ser controlada e bem tratada, especialmente quando descoberto precocemente.

No entanto, a falta de um diagnóstico e tratamento adequados pode levar ao agravamento do quadro e ao surgimento de condições mais graves.

Diagnóstico

Normalmente não é necessária a realização de exames de Raio-X e outros para diagnosticar a bronquiolite. Um exame físico e a descrição dos sintomas normalmente já é suficiente.

Vale ressaltar ainda que existe a possibilidade de que seja necessário a realização de mais de uma consulta até que se obtenha um diagnóstico preciso. Especialmente porque os sinais e sintomas da bronquiolite, muitas vezes se confundem com os de resfriados e gripes.

Caso a criança apresente maior risco, caso os sintomas apresentem uma piora ou se houver suspeita de alguma outra patologia que possa estar causando tais sintomas, o médico ainda poderá solicitar a realização de alguns exames, tais como:

  • Teste de uma amostra de muco extraída
  • Raio-X da região do torax
  • Exame de sangue

Tratamento de Bronquiolite

Tratamento Bronquiolite

Normalmente, a maioria dos casos de bronquiolite podem ser tratados em casa mesmo, com a prescrição de remédios feita devidamente pelo médico responsável.  Os remédios irão melhorar a congestão nasal da criança, bem como a indicação de que se mantenha a hidratação com a ingestão de líquidos.

Visto que a bronquiolite, na maioria das vezes, é uma infecção viral, o uso de antibióticos não eficaz, visto que servem para combater bactérias.

No entanto, para os casos de alguma infecção bacteriana que esteja associada com a bronquiolite, tal como a pneumonia, pode ser que haja a indicação de algum antibiótico específico.

Possíveis complicações

Como já foi dito, a bronquiolite é uma condição delicada por causa das suas possíveis complicações, tais como:

  • Os casos agudos de bronquiolite podem causar apneia (longas pausas na respiração) em crianças mais jovens.
  • Cianose, que é uma condição na qual a falta de oxigenação deixa a pele com uma coloração acinzentada ou azulada, especialmente nos lábios.
  • Desidratação
  • Insuficiência ou fadiga respiratória, podendo ser necessária uma internação hospitalar
  • Infecções mais graves, tal como a pneumonia

Prevenção

Grande parte dos casos de bronquiolite não são tão simples de serem evitados pois os vírus causadores dessas doenças são bastante comuns.

No entanto, alguns cuidados e higiene básica podem ser favoráveis à prevenção, tal como lavas as mãos de forma cuidadosa, principalmente antes de lidar com bebês, evitando assim a disseminação do vírus.

É importante também que os membros da família que apresentem algum tipo de infecção respiratória tenham um maior cuidado a respeito dos bebês, evitando expô-los.

Pergunta dos leitores

Quanto tempo demora para a Bronquiolite passar?

Em sua grande maioria, as crianças com bronquiolite ficam apenas ligeiramente doentes e com tosse, não sendo necessário um tratamento especial ou tão específico.

Sendo assim, a patologia tende a estar curada em cerca de 7 a 10 dias, embora alguns casos os sintomas possam durar por mais semanas, mesmo depois que o vírus já foi exterminado.

Bronquiolite pode ocorrer em recém nascido?

Bronquiolite em recém nascido

A bronqueolite pode evoluir para um quadro mais grave que é a pneumonia, afetando especialmente a população pediátrica até dois anos de idade, viso que são mais suscetíveis ao desenvolvimento de doenças respiratórias.

Mais do que isso, aquelas crianças com menos de 3 meses de idade e que apresentem fatores de risco como os citados anteriormente (prematuridade, displasia broncopulmonar, doença cardíaca congênita, entre outras) tendem a ficar mais propensas a desenvolver um quadro mais grave da patologia.

Bronquiolite é contagioso?

Visto que a bronquiolite é causada por um vírus (embora posa ter outros causadores) ela é sim uma doença contagiosa, que pode ser contraída da mesma forma que um resfriado ou uma gripe, normalmente pelo ar infectado pela tosse da pessoa doente.

Bronquiolite tem cura?

Claro! Na maioria dos casos não é nem necessário um tratamento especial visto que são casos leves e melhoram facilmente. Sendo assim, o extermínio do vírus tende a acontecer em cerca de 7 a 10 dias, embora os sintomas possam persistir por mais algum tempo.

Bronquiolite pode matar?

Sim, o vírus causador desse problema mata entre 70 mil a 200 mil crianças no mundo, especialmente em locais menos desenvolvidos como a Ásia e a África do Sul. No entanto, quando bem tratado as chances de recuperação são enormes.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre a bronquilote, suas causas, sintomas e como tratar.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *