As 45 Melhores Brincadeiras Antigas – Relembre e Ensine Seu Filho!

Brincar é algo excelente e fundamental para o desenvolvimento infantil. As brincadeiras antigas, então, são um grande estímulo, visto que normalmente envolvem o desenvolvimento físico e também intelectual.

Você sabia que algumas brincadeiras são tão antigas que até mesmo os antigos reis de Roma devem ter brincado alguma vez?

Pois então se você quer saber um pouco mais sobre essas brincadeiras, continue lendo e descubra tudo o que você precisa e saber sobre elas e a sua importância. Vamos lá?!

 

Por que ensinar o seu filho brincadeiras antigas?

Atualmente, os videogames estão entre os maiores desejos das crianças. Sem dúvidas, não há mal em se divertir com um controle nas mãos. No entanto, essa não deve ser a única opção, visto que não é o mais saudável para praticar o tempo inteiro.


Uma boa alternativa para isso é apresentar às crianças algumas brincadeiras antigas. Isso ajuda a criança a se divertir de uma forma mais saudável.

Pode ser brincadeira de roda, queimada, cinco marias, amarelinha, pega-pega e mais uma infinidade e possibilidades.

O fato é que esse tipo de brincadeira ajuda a estimular a imaginação, a criatividade e ainda proporcionam o desenvolvimento integral da cognição e do corpo. Isso sem falar que ajudam a trabalha paciência, esperar sua vez, as emoções e contribuem na formação de um vocabulário mais rico.

Obviamente que o videogame ajuda a desenvolver certas habilidades como agilidade e estratégia. No entanto, sua indicação é por apenas 1 hora por dia e somente para crianças com a partir dos 7 anos de idade. Mais do que isso, deve-se cuidar o conteúdo também, a fim de evitar exposição à violência.

No entanto, as brincadeiras ao ar livre são de fundamental importância para que as crianças se desenvolvam de forma saudável. O corpo delas também passa a confrontar-se com diversos desafios, interações e experiências. As brincadeiras antigas ajudam na socialização, noções de comunidade e convivência.

E então, ainda restam dúvidas do motivo para ensinar algumas brincadeiras antigas aos seus filhos?

algumas brincadeiras de crianças

Quais as origens das principais brincadeiras?

Você pode nem imaginar, mas as brincadeiras que eram comuns na sua época de criança podem ter sido originadas há milhares de anos atrás. Então vamos conhecer as origens das principais brincadeiras:

  • Cabra-cega – 500 a.C.

Uma pessoa fica vendada e deve tentar encontrar os outros participantes do jogo. Quem a cabra-cega tocar está eliminado. O que se acredita é que essa brincadeira tenha sido bastante popular entre crianças da Dinastia Zhou, na China, por volta dos anos 500 a.C. Já na Idade Média e Era Vitoriana, era uma diversão clássica no meio aristocrático.

  • Joquempô – entre 206 a.C. e 220 d.C.

Conhecido também como pedra, papel e tesoura, essa brincadeira é bastante antiga. Seus primeiros registos ocorreram no livro chinês Wuzazu, que foi escrito na China durante a Dinastia Han.

  • Jogo da velha – 1 a.C.

Caso você não saiba, essa era uma das brincadeiras antigas mais populares no Império Romano. Foram encontrados registros do jogo em diversos locais de Roma. No entanto, o que se acredita é que esse jogo possa ter origens ainda mais antigas.

Isso porque estudiosos acreditam que o jogo é derivado de ouras brincadeiras parecidas que já existiam no Antigo Egito.

  • Amarelinha – século 17

Essa brincadeira que tem que pular do 1 até o 10 para chegar no céu parece ter sido inventada pelos romanos. Existem gravuras que mostram crianças da época pulando amarelinha nos pavilhões de mármore da Roma Antiga. No entanto, os primeiros registros se tem somente no século 17.

Principais brincadeiras antigas e atuais

Existe um número absurdo de brincadeiras antigas que podem ser listadas. Algumas delas são mais comuns de ver nos intervalos em colégios, permanecendo até os dias de hoje enquanto outras já foram mais esquecidas. Vamos relembrar algumas delas:

  • Cabra cega: como já foi dito, uma pessoa fica vendada e tem que encontrar os outros participantes que estão espalhados e imóveis.
  • Bambolê: basta posicionar aquele enorme aro na cintura e fazê-lo ficar girando sem que caia. Sem dúvidas, exige habilidade. uma oura maneira de brincar com ele é arremessa-lo sobre outra criança, como em um jogo de argolas.
  • Pula corda: essa é uma das brincadeiras antigas mais populares que há. Além da versão tradicional em que duas pessoas trilham a corda e a outra simplesmente pula, ainda é possível pular em grupos e até mesmo fazer coreografias e músicas.
  • Batata quente: As crianças sentam- se em um circulo e um participante fica de fora, de costas para os demais. Os que estão em circulo vão passando um objeto de mão em mão enquanto cantam “batata quente, quente, quente…”. Quando o participante que está fora disser “queimou”, o objeto circulante para e quem estive com ele na mão é o próximo a sair.

Brincadeiras antigas para locais fechados

  • Três marias: é preciso 5 saquinhos de areia que serão dispostos no chão. Uma criança irá pegar um, jogar para cima e pegar um outro saquinho antes que o que foi jogado caia. Isso deve ser feito juntando 2 saquinhos na mão. Depois, deve-se repetir até juntar os 5 saquinhos. Se o saquinho que foi jogado para cima cair, o participante perde.
  • Quente / frio: um dos participantes deve esconder um objeto. Depois, vai dando dicas de quente e frio para que os outros participantes o encontrem. Quente é perto e frio é longe do objeto escondido. Quem encontra é o próximo a esconder.
  • Passa anel: os participantes sentam-se em círculo e mantém as mãos unidas frente ao corpo. Outro participante vai passando por todas as mãos até deixar o anel na mão de alguém, passando suas mãos unidas entre a mão dos demais. Quem descobre onde está o anel é o vencedor da brincadeira.

Brincadeiras de roda

crianças brincando de bolinhas de gude

Sem dúvidas, as brincadeiras de roda datam de muitos e muitos anos atrás e certamente você conhece e já brincou de alguma delas. A ciranda- cirandinha é um ótimo exemplo disso. Nela as crianças dão as mãos e formam uma roda. Essa roda vai girando e as crianças vão obedecendo os comandos da musica. Ao fim da música, uma a uma, as crianças devem ir ao centro da roda e recitar um verso.

Então, vamos conhecer mais umas brincadeiras antigas de roda:

  • A canoa virou
  • Carneirinho, carneirão
  • Terezinha de Jesus
  • Senhor ratinho

Brincadeiras antigas com as mãos

Uma das brincadeiras antigas mais conhecidas que temos é o Joquempô (pedra, papel e tesoura). Uma outra brincadeira muito conhecida também é o passa anel, que usa as mãos para seu desenvolvimento. Essas duas brincadeiras já foram faladas aqui nesse material.

Uma outra alternativa é a cama-de-gato que consiste em pegar um barbante e trançar entre os dedos das duas mãos. O jogo consiste em ir alterando o desenho formado usando os dedos. essa é uma brincadeira com provável origem asiática.

Brincadeiras de antigamente na rua

A maioria dessas brincadeiras que já foram citadas e explicadas até agora podem ser feitas na rua mesmo, como era antigamente. Quem é que nunca passou a tarde brincando com os vizinhos na rua de casa, não é mesmo?!

Então vamos ver uma lista de brincadeiras antigas que poder ser feitas na rua:

  • Pula corda
  • Pega-pega
  • Cabra cega
  • Escolha a fita
  • Bolinha de gude
  • Cabaninha
  • Ciranda-cirandinha
  • Queimada
  • Pula elástico
  • Morto ou vivo
  • Amarelinha
  • Bambolê
  • Telefone sem fio
  • Cinco Marias
  • Adoleta
  • Cabo de guerra
  • Batatinha
  • Bate figurinha
  • Peão
  • Bilboquê
  • Bolinhas de sabão
  • Corre cotia
  • Corrida de sacos
  • Corrida sentado
  • Dança a cadeira
  • Esconde-Esconde
  • Estátua

Brincadeiras antigas com papel

criança brincando uma das brincadeiras antigas

Além de todas essas brincadeiras antigas que já foram citadas, existe ainda aquelas que são feitas com papel. Vamos ver quais são elas:

  • Stop: nesse jogo, os participantes irão fazer uma tabela em uma folha de papel e determinar as informações que serão dispostas no cabeçalho, tais como nomes, frutas, objetos, marcas, cidade e outros. Todos devem preencher essas informações com a letra escolhida o mais rápido possível. Quem terminar primeiro, grita Stop. São 5 pontos por cada palavra repetida e 10 por palavras únicas.
  • Jogo da velha: um clássico de muitos anos, a maneira de jogar dispensa explicações pois todos já conhecem.

Brincadeiras com bola

Outra excelente opção de brincadeiras antigas são aquelas que podem ser jogadas com bola. Veja algumas alternativas:

  • Queimada: começa com dois grupos de crianças em lados opostos do espaço. A bola é lançada a fim de acertar um dos adversários. Caso não acerte ninguém, o oponente irá ter a posse de bola. O oponente que for acertado é eliminado. Isso deve ser repetido até que um grupo elimine o outro completamente.
  • Batata quente: lembra-se do jogo da batata quente que foi citado mais acima? O objeto que fará a batata quente em questão pode ser uma bola.

Pronto, agora você já conhece uma infinidade de brincadeiras antigas, como funcionam, suas origens e demais detalhes sobre o assunto. Aproveite e repasse para as próximas gerações!

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *