Ad Til Bula – Para Que Serve? Como Funciona? Pode Usar na Gravidez?

Ad til é um vitamínico, para uso adulto e pediátrico. Tem apresentação em solução oral, em frasco gotejador com 10 ml. É fabricado pelo Laboratório Nycomed Pharma.

Para que serve o Ad Til?

Como mencionado, Ad til se trata de uma medicação vitamínica. Está recomendada para tratar e prevenir casos de carência das vitaminas A e D, especialmente nas etapas de crescimento. É recomendado ainda para tratar a espasmofilia, o raquitismo; além de aumentar a resistência do organismo contra possíveis infecções.

Como funciona o Ad Til?

Ad til oferece 2 micronutrientes fundamentais para todas as etapas do desenvolvimento do organismo: as vitaminas A e D. A solução conta com as quantidades adequadas para que seja feita a suplementação necessária para prevenir situações patológicas.

A associação oferecida por Ad til possibilita a prevenção e o tratamento de quadros de deficiência dessas vitaminas. Também evita problemas que possam ocorrer na fase de desenvolvimento infantil.


A vitamina A é essencial para o desenvolvimento adequado dos processos metabólicos do organismo. Ela atua elevando a resistência do paciente contra possíveis infecções e preserva a integridade dos epitélios (tecidos celulares).

Estes processos tratam-se de um fator extremamente importante para o crescimento e desenvolvimento de crianças e lactentes. Ad til ainda age para prevenir eventuais problemas que levam a diminuição da capacidade de visão ou mesmo ao aparecimento de cegueira, além de ser essencial para adaptar a visão em ambientes escuros.

Ainda, tem papel fundamental para o crescimento adequado de ossos e do sistema reprodutivo.

Já a vitamina D age no metabolismo do cálcio, promovendo uma absorção adequada do nutriente obtido através da dieta e  fixando, tanto o cálcio como o fósforo no organismo. Também favorece o fortalecimento do sistema imunológico. A vitamina trata-se de um eficaz antirraquítico, sendo, assim, um nutriente indispensável em todas as fases da vida das pessoas. Ainda participação do processo de dentição, do crescimento e do desenvolvimento.

uma mulher tomando vitamina D

Como usar?

Ad til é destinado exclusivamente para o uso oral. As gotas da solução não devem ser administradas diretamente na boca do paciente. Utilize um colher para pingar as gotas.

Para a utilização do vitamínico, rompa o lacre de segurança da tampa. Vire o frasco e mantenha-o na posição vertical. Para iniciar o gotejamento é necessário dar leves batidas com o dedo no fundo do frasco do produto.

Em relação a Posologia de Ad til, as quantidades recomendadas dependem da idade do paciente e da finalidade do tratamento. Geralmente, a posologia indicada é

  • Para a prevenir deficiência de vitaminas A e D:
  1. Recém-nascidos, crianças com até 12 anos de idade e lactentes: 2 gotas por dia.
  2. Adolescentes e adultos: 2 gotas por dia.
  • Para o tratar deficiências de vitaminas A e D: 

Tratamento do raquitismo / osteomalácia secundária à deficiência dietética (carencial):

  1. Crianças: 2 gotas por dia.
  2. Adultos: 2 a 4 gotas por dia até a melhora clínica. Depois, 2 gotas por dia para manutenção do tratamento.

Tratamento de raquitismo / osteomalácia secundária ao uso de anticonvulsivante:

  1. Crianças: 2 gotas por dia.
  2. Adultos: 2 a 4 gotas por dia.
  • Gestantes e lactantes com ingestão inadequada de alimentos ricos em vitaminas A e D: 2 a 4 gotas por dia para manter a quantidade necessária diária recomendada das vitaminas.

Atenção! A administração de Ad til  não deve ultrapassar a quantidade de 4 gostas por dia durante a gestação.

Pode passar Ad Til na pele?

Não. Ad til é exclusivo para uso oral. Passar a solução na pele pode ocasionar reações alérgicas cutâneas.

Precauções a se tomar

Algumas precauções devem ser levadas em consideração em relação ao uso de Ad til. Os compostos orais de vitaminas A e D, por exemplo, não estão recomendados para o tratamento de deficiência vitamínicas em pacientes em que a doença tenha como causa a má absorção das substâncias.

Ad til deve ser usado com cautela em portadores de disfunção cardíaca, aterosclerose, insuficiência renal ou aumento de fósforo no sangue. O produto também deve ser administrado com cautela em pacientes que estejam fazendo uso concomitante de vitamina A e D com compostos de cálcio ou outras soluções vitamínicas que contenham vitamina D ou análogos.

A administração em excesso de doses de vitamina A pode ocasionar intoxicação grave.

Efeitos colaterais e contraindicações

um frasco de Ad Til

Ad til possui alguns efeitos colaterais, embora ainda não sejam conhecidas a frequência e intensidade das reações adversas em relação ao uso do vitamínico.

Em relação aos efeitos colaterais do uso da vitamina A foram relatados/as:

  • Efeitos colaterais no Sistema Hematopoético: o excesso da vitamina levou pacientes a apresentarem hipoprotrombinemia com defeito de coagulação.
  • Efeitos colaterais no Sistema Nervoso Central: o uso a longo prazo da vitamina pode levar a insônia, dores de cabeça ou sonolência excessiva.
  • Efeitos colaterais psiquiátricos: a administração prolongada da vitamina demonstrou, em alguns pacientes, casos de  depressão grave e psicose (raro).
  • Efeitos colaterais no trato gastrintestinais: doses elevadas da vitamina demonstrou levar algumas pessoas a apresentar hepatotoxicidade e risco aumentado para doenças renais ou hepáticas. Também levou a desnutrição proteica, deficiência de vitamina C e hiperlipoproteinemia,.
  • Efeito colaterais na visão:  a administração em excesso da vitamina causou diplopia em alguns usuários.
  • Efeitos colaterais na musculatura e nos ossos: risco aumentado para  osteoporose e casos de fratura no quadril.

Em relação aos efeitos colaterais do uso da vitamina D foram relatados/as:

  • Efeitos colaterais endócrinos e metabólicos: no caso de toxicidade de vitamina D pode ocasionar hipertensão, nefrocalcinose/insuficiência renal e psicose.
  • Efeitos colaterais de anormalidades das gorduras do sangue: podem ocorrer efeitos dislipidêmicos do colecalciferol, ocasionados pela redução do HDL (colesterol bom)  e aumento do LDL (colesterol ruim).

Mesmo se tratando de um vitamínico, Ad til possui algumas contraindicações. A administração do produto não é recomendada em casos de:

  •  Hipersensibilidade conhecida ao ergocalciferol, colecalciferol ou metabólitos da vitamina D
  • Hipersensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula
  • Hipercalcemia
  •  Hipersensibilidade conhecida à vitamina A
  •  Portadores de osteodistrofia dos rins com hiperfosfatemia
  • Hipervitaminose A ou D

Ad Til é indicado durante a gravidez?

Sim, ad til pode ser indicado pelo médico durante a gravidez. Porém, as doses não devem ultrapassar a quantidade de 4 gotas por dia.

Pergunta dos leitores

Ad Til está em falta no mercado?

Ad til não está em falta no mercado. Apenas em alguns locais do país é que pode ser mais difícil de encontrar o produto.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *